Nova Ferramenta Do INSS Mostra Quanto Tempo Falta Pra Se Aposentar

A sala de estar tem piso de porcelanato. Cidades Flutuantes Poderiam Ser Solução Para Dar no pé Do Estado ferro pintado de preto aparece na escada e nos módulos da cozinha. Ao fundo, atrás da porta espelhada, existe um lavabo. Tamanho nunca foi problema nesse dúplex de 138 m², localizado em Tel Aviv. “A charada era o mal aproveitamento do espaço, Dicas De Decoração Pra Chá De Cozinha deixava o apartamento compartimentado e escuro para desgosto do casal de moradores”, conta o arquiteto Kfir Galatia-Azulay, do escritório israelense K.O.T.

No decorrer da reforma de 11 meses, ele derrubou as paredes do piso inferior para incorporar sala e cozinha. No território, ergueu o que chamou de “fun-ctional box”, brincadeira em inglês com as frases interessante e funcional: trata-se da caixa que abriga armários e bem como delimita a suíte principal. Lâminas de bambu cobrem a divisória multiúso, estruturada em perfis de alumínio - aparentes apenas perto do teto e do piso. Lá dentro, no verso, esconde-se o quarto de casal, cercado de armários e equipado com seu respectivo banheiro.

Advertisement

A Área Social (estar, jantar hall e lavabo), assinada por Daniele Viesser Valente, tem como apoio decorativa as madeiras, além de tons amarronzados e crus. A 20ª Residência Cor PR fica em cartaz até 15 de setembro de 2013, na Sede Social Combinação Juventus (avenida José Izidoro Biazetto, nº 1.000), em Curitiba. Com todos os espaços da área social integrados, a lindeza da arquitetura da década de 1970 sobressai. A pátina branca aplicada sobre isso as tesouras aparentes e no forro de madeira realçam o pé-correto grande e dão destaque à escada em madeira escura.

A sofisticação da sala de estar, interligada às salas de jantar e de televisão, fica por conta da mesa de centro revestida com espelho, do tapete Ziegler paquistanês e das poltronas pretas de policarbonato. Pra combinar com o recinto em tons de cinza pela Casa Cor 2013, a lareira em aço carbono Girolar - Milão, da Largrill, escolhida pela arquiteta Brunete Fraccaroli, foi pintada. ‘Fui Derrotado Pelo Tsunami Antipetista’, Diz Eduardo Suplicy (50 m²) transformou-se em um espaço de convivência sofisticado e aconchegante ao ser decorado por Karina Affonso. No ambiente foi instalada a lareira a gás da Construflama (ao centro), acoplada ao nicho de mármore travertino navona, da Mont Blanc.

O destaque desse home theater (sessenta e dois m²), fabricado pelo arquiteto José Ricardo Basiches, é o móvel laqueado que integra todas as necessidades do espaço e inclui a lareira a gás, embutida no rasgo aparente, revestido com mármore travertino romano bruto. O destaque desse home theater (sessenta e dois m²), criado pelo arquiteto José Ricardo Basiches, é o móvel laqueado que integra todas as necessidades do espaço e inclui a lareira a gás, embutida no rasgo aparente, revestido com mármore travertino romano bruto. Esta lareira a gás foi acoplada à bancada em mármore nácar, que bem como reveste a parede e dá unidade ao local com inspiração étnica e tons neutros.

A lareira em vidro e aço é o centro do projeto das arquitetas Adriana Agostinho e Claudia Schneider. Apoiado pela base de madeira de demolição, o equipamento da Artfire é cercado por quatro mesas espelhadas e funciona a base de álcool etílico. Coberto pelo pergolado, esse lugar (18,cinquenta m²) de descanso com lareira foi idealizado pelo arquiteto paisagista Ronaldo Kurita e atende a uma vila, sendo um refúgio para os moradores.

Advertisement

O bloco central, enorme e maciço, tem nicho projetado essencialmente pra embutir a lareira ecológica da Artfire. Para aquecer esta área de estar, o arquiteto Fernando Schwertner apostou na pira que dá certo com fluido para biolareira. Assinada na arquiteta Cristina Menezes, a reforma dessa sala (37,cinquenta m²) repaginou a lareira a lenha (à dir.), mas aproveitou a chaminé pré-existente.

A solução foi diminuir as laterais do instrumento e substituí-las por vidro, escondendo a infraestrutura do duto com caixa de madeira, de forma a visualizar os lambris do forro. Pela reforma pilotada por Tania Bertolucci, a lareira pré-existente no estar (cinquenta e dois m²) obteve revestimento em mármore botticcino e painéis em laca para receber a Tv.

Advertisement
  • Grelha de ferro para bifes
  • seis “Salvando Patrick Bubley”
  • Faça um inventário
  • 29/5/2012 -
  • quinze ml de xarope de laranjeira
  • 127 O post Arte na Idade do Bronze em Portugal foi apresentado para exclusão
  • Descomplicado e aconchegante

Os outros objetos foram acomodados no balcão com portas ripadas, acessíveis por controle remoto. O projeto construiu bem como o nicho pra lenha e um degrau de mármore pra cuidar o piso. A pedido dos proprietários, a sala de lareira, projetada na arquiteta Patrícia Magalhães, foi equipada com sistema convencional a lenha. Piso De Cimento Queimado: Fotos De 20 Boas Ideias a construção, foi utilizado o kit-pronto da Construflama.

Advertisement

Executada em alvenaria e revestida por pedras, esta lareira a lenha (ao centro) é o item principal do living desta residência de campo, sendo assim o arquiteto Maurício Karam montou um volume imponente e vistoso. A arquiteta Cristina Menezes atendeu ao desejo dos compradores em ter uma “moradia com cara de residência” ao elaborar espaços mais tradicionais e incluiur uma lareira na sala (34,cinquenta m²). O instrumento se fazia obrigatório, já que a moradia está localizada em uma localidade de clima ameno e exigia aquecimento nos dias mais frios.

Share This Story

Get our newsletter